...

Neuromarketing: descubra tudo sobre e benefícios!

Ilustração de cabeça humana com alvo no cérebro acertado bem ao centro por um dardo representando o neuromarketing

Você sabe o que é neuromarketing?

Se você é do ramo do marketing e não conhece essa vertente, neste artigo vamos te mostrar tudo o que você precisa saber sobre e como aplicar para emplacar o seu negócio. Confira:

Neuromarketing, o que é?

O neuromarketing é uma área da ciência que busca estudar e entender as preferências dos consumidores e seus estímulos para a decisão de compra.

Por meio do entendimento de seus conceitos e colocando-os em prática em seu dia-a-dia é possível definir a melhor estratégia de branding ou de venda para determinado produto, não importa qual seja a o canal utilizado para que as metas sejam alcançadas.

O embasamento das estratégias de marketing no neuromarketing é essencial já que se escora na tomografia cerebral para a identificação das reações geradas no cérebro humano ao receber certos estímulos.

O termo neuromarketing foi criado por Ale Smidts, da Erasmus University, e vem da junção da palavra neurologia ou neurociência, e marketing.

No entanto, a popularidade do termo veio quando foi citado no início dos anos 90 por Gerry Zaltman; professor emérito da Harvard Business School, em meio às suas obras. O pesquisador de Harvard mapeou a atividade do cérebro humano quando exposto aos estímulos do marketing, estimando a real influência neurológica que certas ações impactam no comportamento do consumidor.

Com isso, o termo emergiu em 1991, com grandes marcas da época, como a Coca-Cola, que contrataram laboratórios de universidades dos Estados Unidos para colocar à prova a eficiência de sua publicidade.

Em 2000, “neuromarketing” foi registrado pelo pesquisador como sendo uma ferramenta de marketing.

Representação do conceito de neuromarketing por meio de uma silhueta de rosto com o termo "neuromarketing" escrito ao seu centro e ao redor itens de papelaria

Como o neuromarketing funciona?

O funcionamento do neuromarketing está no entendimento dos princípios básicos de como nosso cérebro funciona.

Dessa forma, confira a Teoria do Cérebro Trino do neurocientista Paull MacLean, em que se divide o cérebro em 3 partes:

Cérebro reptiliano

Também referido como cérebro instintivo, basal, ou “R-complex” por MacLean, é a parte por trás dos reflexos simples, como ocorre em répteis, das emoções primitivas.

Assim, é o responsável por acionar nossos instintos de sobrevivência, policiando nossos instintos de sobrevivência, tal como sono, fome e segurança.

Essa região é formada pela medula espinhal e pelas porções basais do prosencéfalo,

Cérebro límbico

É o segundo nível cerebral, também chamado de cérebro dos mamíferos inferiores, “Paleommamalian Brain” ou cérebro emocional.

Compreende os componentes do cérebro reptiliano, contendo os núcleos da base do telencéfalo, diencéfalo e parahipocampo. Aqui também estão estruturas importantes como o hipocampo e que compõem o cérebro dos mamíferos.

O nome “límbico” vem do conceito de limbo por conta da localização da região, que é no limite das partes da neuroanatomia do cérebro, entre o córtex e o cérebro reptiliano.

O sistema límbico do cérebro é responsável por coordenar as atividades sociais, participando no desenvolvimento de relações que possibilitem a vida em comunidade. Seu funcionamento depende da atividade dos neurônios localizados em suas estruturas.

Por estar por trás do controle das emoções e comportamentos sociais, tal como da regularização dos processos metabólicos, também é responsável pela memória de comportamentos e das sensações que eles lhe causam, influenciando valores e comportamentos.

Cérebro racional

Também chamado de neocórtex, é o último nível de organização cerebral, sendo o que nos diferencia de outros animais.

Sua estrutura é dividida em dois hemisférios e em diferentes lobos, no qual cada um apresenta uma função diferente no corpo, no entanto, ambos são essenciais no pensamento abstrato, imaginativo e para a consciência.

Sua extensão é composta pelo córtex telencefálico e pelos lobos, são eles:

Frontal: responsável pelas funções executivas do cérebro.

Parietal: responsável pelas sensações gerais.

Temporal: responsável pela audição e pelo olfato.

Insular: responsável pelo paladar e gustação

Occipital: responsável pela visão.

A parte racional compreende o lado esquerdo do cérebro, atuando processando as informações adquiridas e selecionando as que possuem aplicação prática e estruturando dados de forma racional, aliando lógica e prática. É também onde se encontra a capacidade de aprendizagem e o pensamento racional, sendo essencial para o desenvolvimento humano.

Mão finalizando pirâmide de quadradinhos de madeira com ícones que remetem ao neuromarketing, a frente de fundo verde água claro

Neuromarketing na prática: o que considerar na aplicação?

Agora é importante entender no que o neuromarketing pode ajudar a sua empresa/negócio a se destacar da concorrência. Confira como aplicar os dados da ciência:

1. Psicologia das cores

Termo tão famoso quanto o próprio “neuromarketing”, pela psicologia das cores é importante entender que as cores e demais aspectos visuais são os que mais influenciam no comportamento do consumidor, sendo um forte definidor de conhecimento e reconhecimento da marca (branding) dentro ou não de suas estratégias publicitárias.

É por meio do conhecimento estratégico das cores e as sensações que elas passam que se é possível fazer uma seleção mais certeira, segundo ao que se almeja despertar no público-alvo.

Dentro da psicologia das cores, é possível considerar alguns significados, tais como:

Vermelho: paixão, raiva, perigo, excitação…

Azul: tranquilidade, confiança, limpeza, segurança…

Verde: meio ambiente, imaturidade, sorte, perseverança…

Laranja: humor, energia, amigabilidade, entusiasmo…

Amarelo: alegria, doença, sabedoria, otimismo…

Roxo: mistério, inteligência, sensibilidade, inovação…

LEIA TAMBÉM: Como criar uma identidade visual? Tire suas dúvidas aqui!

2. Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são essenciais para que o seu lead (potencial cliente) realize os comandos que você está passando para ele. Logo, o neuromarketing é essencial para que sejam usados de forma assertiva e proporcionando o retorno buscado.

Entre os tipos de gatilhos mentais existentes estão os de escassez, como a expressão “por tempo limitado”, o de urgência, exclusividade, significância, confiança, novidade, curiosidade, antecipação, prova social e autoridade. Todas essas ideias são usadas de forma estratégica e persuasiva para aumentar a taxa de conversão.

3. Percepção de valor

Ao elaborar uma campanha, é essencial levar em conta que a ação só será feita se a mensagem e o visual forem percebidos com valor pelo receptor.

Logo, é essencial entender o seu público-alvo e suas necessidades, podendo assim oferecer algo dentro do que ele busca ou poderia buscar, em conjunto com informações de valor que ele se sinta impactado o suficiente para tomar como verdade para si.

A pessoa irá se sentir grata e irá retribuir fazendo o que você pediu.

4. Storytelling

Para gerar identificação, nada melhor do que um bom storytelling, dando uma subjetividade a campanha e sendo capaz de ativar o emocional, o que pode gerar um laço emociona e fazer com que a pessoa realize a ação sem que raciocine a respeito da venda que se busca por trás.

Dessa forma, quando assertivo, o storytelling estabelece uma abertura de relacionamento, além da compreensão, e identificação, com os valores da marca.

5. Distribuição de elementos

A distribuição de elementos é essencial para que haja a passagem correta e sem ruídos da mensagem almejada. Dessa forma, também é possível que a atenção da pessoa vá para onde se deseja, fazendo com que ela foque sua atenção no que é prioridade para a marca.

6. Precificação

Por fim, vale ressaltar que o preço possui uma grande influência na decisão de compra. Logo, nada mais justo do que considerar estratégias que o envolvam.

Considerando que nosso cérebro possui dificuldade de medir o valor do produto considerando-o de forma isolada, é importante considerar os preços de produtos similares oferecidos pela concorrência.

Busca oferecer produtos assertivos, sem muita opção de escolha, e com um valor perceptível em relação aos benefícios ofertados e os preços da concorrência.

Marketing é na Go On: Faça com a melhor!

Se você está procurando a melhor agência de marketing, você tem que conhecer a Go On Digital! Somos uma empresa de marketing 360°, que atua buscando sanar todas as suas necessidades do digital.

Prestamos serviços B2B para empresas, marcas e pessoas que querem se encontrar e encontrar o seu público no digital. Somos especialistas na Captação de Leads para Vendas (tráfego pago), Marketing Digital e de Conteúdo para Redes Sociais, Identidade Visual, Otimização de buscas e Posicionamento do Google (SEO); Youtube e Desenvolvimento de Websites. Estamos empenhados em mostrar soluções para sua empresa, entregando resultados e conteúdos de qualidade.

Além dos serviços citados acima, ainda contamos com o diferencial de atender empresas de nível nacional e internacional e contar com uma superestrutura de Podcast para você dar voz a sua marca! Com mais de 5 anos de mercado, temos vários cases de sucesso!

Com a Go On você tem a certeza de colocar a sua marca em destaque no mercado!

Entre em contato conosco e alavanque seus negócios conectando sua marca com o mundo!

Tags: 

neuromarketing, neuromarketing o que é, o que é neuromarketing

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A sua agência de marketing em 360 graus.

R. Jacarandá, 672 – 2˚Andar – Horto, Ipatinga – MG

Newsletter

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba informações e novidades exclusivas em seu E-mail.

    Copyright © Goon Digital | CNPJ: 26.339.427/0001-02
    Tráfego pago: entenda mais sobre e seus benefícios! SEO On-Page e Off-Page: conheça as estratégias Go On Digital: um tour por nossa agência Conheça os serviços da Go On!
    Tráfego pago: entenda mais sobre e seus benefícios! SEO On-Page e Off-Page: conheça as estratégias Go On Digital: um tour por nossa agência Conheça os serviços da Go On!
    Tráfego pago: entenda mais sobre e seus benefícios! SEO On-Page e Off-Page: conheça as estratégias Go On Digital: um tour por nossa agência Conheça os serviços da Go On!
    Seraphinite AcceleratorBannerText_Seraphinite Accelerator
    Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.